Maria Fumaça após ser restaurada volta a funcionar

News
03 fevereiro 2019
MG 9636

A partir de 06 de fevereiro a locomotiva Maria Fumaça volta a funcionar, no Parque do Ingá, que foi restaurado junto com a estação fictícia, a partir das 20h em um evento preparado exclusivamente para a ocasião.
Apresentações teatrais foram ensaiadas para mostrar através da arte, a importância da Maria Fumaça para a cidade de Maringá. Com as reformas, a locomotiva retoma suas cores originais.
Foram investidos R$169 mil, sendo que R$56 mil foram destinados para a restauração da estação e o restante, R$113 mil, para o reparo da própria locomotiva. Tudo feito através de licitação.
Os ajustes consistiram na substituição de detalhes que são mais vulneráveis a tempo de sol e de chuva, assim como o reparo de paredes, iluminações e grades. Na locomotiva, algumas peças foram desmontadas e polidas, entre outros procedimentos.

A Maria Fumaça chegou em Maringá em 1954 para dar início à estação ferroviária da cidade. Fabricada na Filadélfia, Estados Unidos em 1973, foi transferida para o Parque do Ingá, como objeto histórico.
A locomotiva é uma das 14 máquinas à vapor remanescentes do estado paranaense.


PUBLICIDADE