Carnaval ao redor do mundo

Tips
07 março 2019

O carnaval é uma das festas mais tradicionais do Brasil e as comemorações que acontecem por aqui nessa época do ano são referências no mundo inteiro. Para você que achava que folia e foliões só existiam no Brasil segue a lista dos nove carnavais em outros países.

Carnaval no México.

MEXICO

Mazatlan, no México, é o palco de uma das maiores festas de carnaval do mundo. A folia é semelhante à brasileira. As pessoas colocam fantasias variadas , os foliões fazem paródias de políticos ou de pessoas famosas e muitos se vestem com roupas do sexo oposto. A região conta com uma das maiores festas carnavalescas do mundo e a grande diferença em relação ao Brasil são as músicas. No lugar do tradicional samba, aparecem as canções locais, também são envolventes e dançantes. Também fazem parte do evento tradicionais bailes de salão, coroação de rainhas, desfiles de reis e apresentações de bandas. 

Carnaval no Canadá

CANADA 2

Carnaval só combina com calor, certo? Errado! Em Quebec, por três semanas gélidas a 20 ºC negativos, acontece o maior Carnaval de inverno do mundo que se conhece por aí. Durante a festa milhares de pessoas assistem a concertos musicais e paradas noturnas. Além disso, ocorrem esculturas de neve, e competições esportivas como por exemplo, competição de canoas e pesca no gelo. Mas o programa mais esperado é o mergulho coletivo na neve, em que os banhistas vestem apenas traje de banho, luvas, cachecol e gorro. Mesmo com 10 graus negativos o carnaval do Canadá atrai milhares de pessoas do mundo. 

Carnaval nos Estados Unidos

mardi gras

A festa de carnaval em New Orleans, nos EUA, é conhecida como Mardi Gras (Terça-feira gorda). O Mardi Gras tem esse nome por ser antes da quaresma, época de jejum e penitência. Durante o Mardi Grass, desfilam pelas ruas mais de 50 agremiações. A agremiação mais conhecida é a do Bacchus, Zulu e Rex (que possuem gigantescos e originais carros alegóricos). Desde 1837 as festas são extravagantes, com desfiles temáticos, máscaras e fantasias. A partir do século XIX começou a festa de colares que são jogados para o público. Diferente do Brasil o carnaval em New Orleans conta, principalmente com pequenas bandas de músicos ao invés de grandes estruturas de trios elétricos ou escolas de samba. As festas em Nova Orleans começam 12 dias depois do natal e terminam um dia antes da quarta-feira de cinzas, com com desfiles e banda. 

Carnaval na França

frança

Apesar de existir na França desde a Idade Média, a festa mais conhecida do país, hoje, está em Nice. O Carnaval em Nice é temático, anualmente o tema chave do Carnaval é modificado. O evento dura mais de 15 dias, e oferece grandiosos espetáculos!
Durante três fins de semanas, cerca de meio milhão de pessoas devem visitar a cidade do sul da França para assistir os tradicionais desfiles de carros alegóricos,
O desfile acontece durante dia e noite na Place Masséna e ao redor do Jardin Albert 1er. Ele não é muito longo, durando apenas 90 minutos. Nas ruas é possível acompanhar desfiles com carros alegóricos, bonecos gigantescos feitos de papel machê, músicos e artistas circenses. O evento mais aguardado é cerimônia é a batalha das flores, com milhares de espécies de várias formas e tamanhos sendo atiradas pelos ares. Os carros alegóricos são enfeitados com flores e conduzidos por artistas vestidos de forma super extravagante. De cima dos carros alegóricos, os artistas jogam várias flores ao público.

Carnaval na Eslovênia 

eslovaquia

O carnaval esloveno é marcado por ser muito diversificado e rico. O personagem mais popular da folia é o Kurent, demônio que espanta o frio do inverno, caracterizado por uma fantasia com uma máscara monstruosa e demoníaca. O mais importante carnaval é realizado anualmente na cidade de Ptuj. Acontecem desfiles dessas máscaras numa mistura de celebrações ocidentais e o antigo paganismo eslavo. Na quarta-feira de cinzas ocorre o enterro do pust, um boneco que simboliza todos os males, marcando o fim do inverno na Eslovênia, dos costumes pagãos e do carnaval, e o retorno ao mundo cristão, à espera da celebração da Páscoa. A maior parte dos desfiles acontece em silêncio ou na companhia da banda da cidade. Depois, as pessoas se reúnem em um espaço fechado para dançar e beber vinho quente.

Carnaval no Japão 

JAPÃO

O maior movimento carnavalesco fora do Brasil acontece em Tóquio, no Bairro Asakusa, daí o nome do evento ser Carnaval Samba Asakusa, que acontece sempre na tarde do último sábado de agosto, na Avenida Kaminarimon. Desfilam mais de 5 mil componentes divididos em mais de 15 escolas de samba, bandas escolares e agremiações. 
É realizado desde 1981, quando as escolas de sambas do Rio de Janeiro vencedoras foram convidados a irem ao Japão. 
Como o Carnaval no Japão 2019 ocorre em período diferente do Brasil, muitos sambistas do Rio de Janeiro costumam ir ao Japão para dar um toque ainda mais brasileiro à festa. O espetáculo, que une música, dança e belos figurinos, foi criado na década de 80 para fortalecer e celebrar os laços entre os dois países. 

Carnaval na Itália

ITALIA

Talvez o mais famoso e tradicional carnaval do planeta seja o de Veneza, na Itália. É nesta época do carnaval que a cidade recebe o maior número de turistas. A festa dura aproximadamente duas semanas. Esta tradição começou no século XVIII. Neste ano ele começou no dia 30 de janeiro com o tradicional concurso de mascarados e terminará no dia 9 de fevereiro.As celebrações acontecem no interior de grandes e antigos palácios onde o traje exigido são máscaras e fantasias requintadas. A cidade ganha um aspecto de baile de máscaras a “céu aberto”, quando ricos e pobres se unem em desfiles com música nas ruas criando uma estética especial. As máscaras durante o carnaval tiveram origem com as famílias aristocráticas, que as utilizavam para se misturarem com as pessoas sem serem notadas. Concertos, óperas, jantares e tradicionais bailes a fantasia e de máscaras fazem parte da cultura local. 

Carnaval na Colômbia

BOGOTA COLOMBIA

O Carnaval de Barranquilla, em Bogotoa, declarado pela UNESCO desde 2003 como o patrimônio imaterial da humanidade, é também a festa folclórica mais importante para os colombianos. Nasceu espontaneamente com a mistura cultural após a chegada do espanhóis e africanos, criando um elo entre as tradições e colocando de lado as diferenças. É uma manifestação de resistência à crença, mitos e expressões culturais do povo.Começa com um pré-carnaval perto do dia 20 de janeiro e termina na quarta-feira de cinzas. Durante os desfiles, além das várias danças tradicionais, há também a  representação de várias histórias mitológicas e lendas da região.

Carnaval na República Dominicana

republica dominicana

O carnaval dominicano é é composto por tradições, simbologias e riquezas culturais do país,  um verdadeiro show de identidade cultural que abrange muitos aspectos da sociedade dominicana. As pessoas vão às ruas fantasiadas e com os rostos pintados, sem limite para o colorido. Em La Vega , acontecem as principais comemorações e é de lá que foi originado o principal personagem carnavalesco do país, o Demônio Cojuelos de La Veja. A tradição conta que o demônio persegue as pessoas que se aventuram em seu caminho. As fantasias envolvendo essa figura, sem dúvidas, são as mais populares entre os foliões.


PUBLICIDADE