Dicas essenciais para sua viagem

Tips
29 dezembro 2018

As férias chegaram! E você vai viajar? 
São tantas as coisas para pensar e organizar na hora de viajar que podemos muitas vezes nos esquecer do principal: se divertir! Pensando nisso, selecionamos algumas dicas bem bacanas mas extremamente essenciais para ajudar a melhorar a sua experiência ao decolar para um novo destino.

Documentos necessários para a viagem

documentação para viagem

O passaporte é necessário para embarcar na maioria dos voos internacionais. A maioria dos países exige validade mínima de 3 a 6 meses e alguns exigem também até 2 páginas em branco.

Em viagens nacionais ou para países do Mercosul (Argentina, Paraguai, Uruguai e Venezuela), é obrigatória a apresentação de documento original com foto no ato do check-in nos embarques domésticos.

É obrigatório para crianças o porte da Certidão de Nascimento original ou carteira de identidade. Se estiver viajando acompanhada de um responsável, os documentos devem comprovar o parentesco. Para viajar com crianças menores de 12 anos sem nenhum grau de parentesco é obrigatório portar autorização dos pais ou responsáveis.

Acima desta idade, crianças podem viajar sozinhas pelo Brasil, sem precisar de autorização, levando apenas um documento de identificação com foto. Para viagens internacionais, as crianças devem apresentar passaporte.

O visto é outro ítem obrigatório em muitos países. Se for fazer escalas é importante verificar se o país em trânsito necessita de visto. Caso passem em fronteira é necessário ter o documento válido ou pode-se correr o risco de ter sua entrada negada.

Em alguns destinos, como a França, por exemplo, além do passaporte com validade de no mínimo 6 meses, é importante estar com documentos que comprovem a sua estadia no local.

Para dirigir internacionalmente além da CNH, alguns países exigem a (PID)Permissão Internacional para Dirigir (PID). Solicite no Detran.

O Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia, conhecido como CIVP é exigido em vários países onde as epidemias estão presentes. 

Se deseja viajar na companhia do seu melhor amigo, você precisará emitir um Certificado Sanitário válido para viagens domésticas pelo seu veterinário. Para destinos internacionais é necessário o CVI, Certificado Veterinário Internacional emitido somente pelo Ministério da Agricultura.

Farmácia básica

 

medicine 2994788 1920

Remédios de uso contínuo: qualquer remédio que você usa regularmente. Leve a quantidade suficiente de cada um. 

Analgésicos e antitérmicos: aqueles conhecidos para dor e/ou febre. A mudança climática é um dos fatores que pode causar alergias respiratórias como rinite, sinusite e asma.

Antispasmódicos e dores abdominais: aliado de todas as mulheres na época da menstruação.

Antiflamatórios: são essenciais para a sua viagem. Converse com seu médico, pois existem diversos tipos para diferentes indicações.

Antibiótico: em casos mais graves você não consiguirá comprá-los sem receita. Peça indicação ao seu médico.

Relaxantes musculares: depois de um longo dia turistando na cidade ou depois de longas horas de voo.

Antigripais / Descongestinantes: em viagens ficamos expostos a diferentes vírus. Febre, dor muscular e nas juntas, dor de cabeça, tosse, congestão nasal e dor na garganta são alguns dos sintomas mais comuns.

Intestino e digestão: aqui entram os digestivos, antigases, antiácidos, laxantes e antidiarréicos. A rotina e alimentação mudam fazendo nosso corpo sentir. 

Antialérgicos: quem sofre de alergias respiratórias, dermatites ou afins. Em caso de alergia a picadas de insetos, uma pomada antialérgica também é uma boa pedida. 

Antieméticos: remédios para enjoo, geralmente utilizados por quem costuma sentir náuseas durante o voo.

Repelente: item obrigatório para áreas rurais, praias ou para locais com doenças endêmicas transmitidas por mosquitos.

Lentes de contato/colírios: leve uma solução de limpeza e armazenamento para as lentes, colírio e um par de lentes extras. Se tiver um para de óculos leve-os também.

Hidratante: para lugares frios ou quentes sempre é bom hidratar a pale e evitar ressecamentos.

Filtro solar: obrigatório onde quer que esteja indo, principalmente o facial.

Protetor labial: os lábios costumam ressecar bastante no avião ou em destinos mais friozinhos. 

Itens adicionais: band-aid, antisséptico, pomada de queimadura, termômetro, medidor de pressão e glicemia.

Kit de primeiros socorros: leve um mini kit em sua bagagem. 

O que devo me lembrar

check list red

 

Chinelos: essenciais para não andar descalço pelo hotel e principalmente para o banho.

Óculos de sol: tenha estilo em qualquer destino.

Cadeados: cadeados de 20 mm são ideiais para a sua viagem. Por preucação tenha dois. 

Cartões de crédito: certifique-se que todos os seus cartões estejam desbloqueados pelo banco e liberados para saques no exterior.

Documentos e visto: mande um e-mail para você mesmo com cópia de passaporte, RG, reservas, vouchers e itinerários.

Certificado de vacina: muitos lugares exigem vacina contra febre amarela. Normalmente a vacina precisa ser tomada 10 dias antes da viagem.

Seguro viagem: ninguém esta livre de imprevistos. Asiim faça um seguro viagem. Ele pode ser feito até no mesmo dia do seu embarque.

Aluguel de carro: não esqueça a carteira de motorista.

Transfer: nem sempre é fácil sair do aeroporto. Peça recomendaçãoes ao seu hotel.

Tax Free: sendo estrangeiro você pode pedir a devolução do IVA.

Doleira: a doleira é a melhor forma de guardar o seu passaporte e dinheiro com segurança.

Adaptador de tomada: leve um adaptador universal para conectar seus aparelhos. Verifique também a voltagem do seu destino.

Bateria extra: leve baterias e carregadores extras e se puder um cartão extra de memória.

Saco a vácuo: ideal para você fazer espaço na mala.

Carregue e recarregue: deixe laptops, câmeras e celulares 100% carregados e confira se está levando todos os respectivos carregadores. Se você usa muitos eletrônicos é bom levar uma régua T.

Celulares: lembre-se de checar com a sua operadora aqui sobre os serviços de chamadas e dados no exterior. Compre um chip pré-pago local no seu destino.

Avião é frio! – não esqueça de levar um casaquinho para usar nele 

Identificação: coloque tags em todas as suas bagagens.

Registro: máquina fotográfica, filmadora e pau de selfie são itens para registrar sua viagem.

Chave de casa: depois de um exaustivo voo nada melhor do que abrir a porta de casa e deitar-se em sua cama!

Viajando com crianças

viajar com criancas

Crianças pagam passagem aérea? Algumas companhias não cobram passagem de crianças de até 2 anos de idade. Informe-se no ato da compra. Para crianças entre 2 e 12 anos (incompletos), o valor será de 50% do valor total da tarifa de adulto. Para solicitar cadeirinha e/ou berço, é necessário que o pedido seja feito no ato da reserva.

Idade mínima para o embarque de crianças: as cias aéreas exigem que para viajar com crianças/bebês é necessário que eles tenham mais de 7 dias de vida. Médicos e especialistas indicam que a criança não viaje de avião antes dos 2 meses de idade.

Documentos exigidos: mesmo acompanhada dos pais e/ou responsáveis, as crianças também precisam de documentos para viajar como RG, ou passaporte.

Autorizações: nas viagens nacionais é preciso apresentar uma autorização reconhecida em cartório e assinada por um dos pais/responsáveis contendo o nome completo, RG e CPF do acompanhante. Nas internacionais, a criança que estiver com um dos pais/responsáveis terá de apresentar uma autorização judicial ou um documento com a autorização do outro (pai/mãe/responsável) com firma reconhecida em cartório. Em caso de estar acompanhada de terceiros, o procedimento é o mesmo, sendo que ambos os pais deverão assinar a autorização.

Ainda existe a possibilidade de os novos documentos já podem ser confeccionados com a autorização dos pais impressa na página de identificação do passageiro

Não exagere na mala: em voos domésticos, é permitido o despache de até 23 kg, incluindo carrinhos e acessórios. Voos internacionais, a franquia aumenta, dependendo de cada cia aérea.

Respeite os limite: leve em consideração o limite do seu filho e monte um roteiro da viagem rrespeitando os horários do pequeno.

Alimentação: algumas cias aéreas oferecem papinhas e refeições para crianças e bebês. Necessário fazer o pedido ao SAC da empresa, com até 48 horas de antecedência. No destino certifique-se de que há a comida que ele está acostumado. Leve opções para um ou dois dias.

Brinquedos a bordo: leve mais de um brinquedo que possa ser uma distração ao seu filho durante o voo. Você irá agradecer e os passageiros também.

Programas para todos: a viagem tem que ser legal para todos, por isto é importante que cada um tenha seu momento na viagem. 

O que colocar na bagagem de mão

malas

É permitido em voos internacionais na classe econômica 1 bagagem de mão com até 10 kg. Já para que vai de bussines é permitido até 2 bagagens com no máximo 18 kg cada. A medida não deve ultrapassar 40 cm x 20 cm e 50 cm de altura. Para a bagagem de mão em voos domésticos, o peso máximo é de 5kg. Há empresas que diferenciam o peso e tamanho da bagagem levanto em conta o preço que foi pago na passagem aérea.

Para reduzir espaço leve pequenos frascos de até 100 ml dos itens que achar necessário usar em sua viagem como shampoo, cremes, leave-in ou vários outros produtos de higiene.

Remédios mais importantes e que possa precisar durante o voo ou nos primeiros dias da viagem (caso a bagagem seja extraviada); Carregador de celular e de notebook. Fone de ouvido.

Roupas extras.

Passaporte, documentos e vouchers.

Necessaire com seus itens preferidos.

Carteira com dinheiro.

Pertences pessoais e bens de valores.

Livro ou outros passatempos.

Itens adicionais permitidos em sua bagagem de mão: câmera fotográfica, filmadora ou binóculos; guarda-chuva; berço ou cadeira de bebê, cadeira de rodas, muletas ou aparelhos ortopédicos.

São proibidos na bagagem de mão: navalha, agulhas (de todo o tipo, inclusive de tricô e crochê), depiladores, lâminas, facas e tesouras, bisturis, seringas, picadores de gelo e saca-rolhas, machados e machadinhas. Além destes itens  também são proibidos bebidas alcóolicas adquiridas fora do Duty Free e equipamentos esportivos.

O que vestir e levar no avião

capa aerolook rosegal 1080x822

Use roupas leves e confortáveis.

Sapatos apertados jamais. O pé tende a inchar no voo.

Leve sempre um agasalho ou um xale. Dentro do avião a temperatura é baixa. Meias quentinhas também são bem vindas.

Evite muitos acessórios, principalmente cintos, relógios e sapatos com estrutura metálicas. Lembre-se que antes de embarcar você terá que passar pelo detector de metais.

Leve em sua bagagem de mão uma muda de roupa caso sua mala seja extraviada.

Máscara para os olhos. Em voos noturnos ou em voos longos diurnos a claridade atrapalha muito. Portanto ela será a sua aliada.

Os fones de ouvidos são gratuitos mas nem sempre de boa qualidade. Nada melhor do que levar o seu e se entreter com o seu próprio ipod.

O notebook pode ser uma saída para aqueles que precisam de tempo para terminarem tarefas não realizadas.  Alguns modelos tem até 8 horas de bateria.

A almofada de pescoço é um item essencial. Conforto é o que a define já que os travesseiros oferecidos no voo não são tão bons.

Leve chicletes com você. Algumas pessoas tendem a sentir dor de ouvido no momento do pouso e da decolagem.

Leve também um guia de viagem do seu destino. Nas horas vagas é uma excelente ideia para você já ir se familiarizando com o local.

O que evitar no avião

J36 0019 016 zoom1

Perfumes fortes! Lembre-se que além de você no voo estão também outras centenas de pessoas. Pode haver pessoas com alergias e asma na mesma aeronave.

Na véspera procure evitar bebidas gasosas, fibras e os famosos alimentos que causam gases como feijão, repolho, batata doce. A sensação de inchaço na barriga tende a piorar com os efeitos da viagem aérea.

Evite usar lentes de contato uma vez que dentro do avião o ar é muito seco. Seus olhos ficarão ressecados e incômodos.

Sapatos incômodos ou sandálias. Opte por um tênis confortável e fácil de calçar.

Tecidos que não respiram, como o nylon,  podem ser um problemas dentro do avião. Dê preferência aos tecidos de algodão.

Evite roupas de verão, decotadas, curtas e de tecidos finos. Além de não ser apropriado, a temperatura dentro do avião é bem gelada. 
Muita maquiagem é um item que com certeza você deve evitar. Você embarca plena e desembarca com cara de panda. Apenas um BB cream e um rímel a prova d’água resolvem o problema. Se puder leve consigo um frasco de água termal para dar aquele up no rosto.

O lugar das poltronas é apertado para todos igualmente. Evite portanto invadir a área dos passageiros ao seu redor.

Use somente o seu espaço determinado para guardar sua bagagem.

Não faça no avião o que você não faria em público.

O que não levar no avião

plane

O transporte de líquidos a bordo de uma aeronave apenas está autorizado em recipientes com capacidade de até 100 mililitros e sem exceder no total 1 litro por passageiro. Este líquidos deverão estar armazenados em frascos ou sacos plásticos de fácil abertura medindo 19 cm x 20 cm .

São proibidos armas, pistolas, objetos pontiagudos, instrumentos contundentes, ferramentas de trabalho que possam ser uma ameaça, explosivos e dispositivos incendiários.

Dispositivos eletrônicos somente são aceitos em modo avião principalmente na decolagem e no pouso.  São eles: cigarros eletrônicos, walkie-talkies / rádios portáteis, brinquedos com controle remoto, equipamento para computador “wireless”, equipamentos stereo, incluindo rádios de bolso (AM/FM), receptores portáteis de TV, dispositivos bluetooth, dispositivos transmissores de rádio frequências e equipamentos similares.

Evite materiais perigosos como os corrosivos , explosivos , tóxicos, oxidantes e peróxidos orgânicos , gases sob pressão, líquidos e sólidos inflamáveis, material radioativo e magnéticos.

Regras do aeroporto

Check in no aeroporto

O aeroporto: para viagens dentro do Brasil, o ideal é chegar ao aeroporto pelo menos duas horas antes do horário do voo. Para voos internacionais, chegue com no mínimo três horas de antecedência.

Check-in: existem duas opções de checkin. Online ou chegando ao aeroporto. Após realizá-lo você receberá seu cartão de embarque e poderá ir para o avião. Você precisará do número do seu localizador do CPF ou do RG. 
Despacho de bagagens: após o check-in, basta entregar sua mala, fazer a pesagem e será entregue o ticket de comprovante de que a bagagem é sua. 
Embarque: no embarque é importante que você tenha em mãos o cartão de embarque e um documento original com foto. Você vai precisar mostrá-los para entrar na sala e na hora de ir para o avião. A seguir passará pelo detector de metais e se dirigirá ao seu portão do qual o voo sairá. Ao ser anunciado seu voo, vá para a fila e boa viagem.
Desembarcando: ao chegar ao destino final, você deve ir até a área de desembarque e procurar pela esteira assinalada com o número do seu vôo. É lá que você pegará sua bagagem. 
O que muda para voos internacionais: se você estiver indo para uma viagem internacional algumas coisas serão um pouco diferentes. Não são todas as companhias que oferecem as opções de check-in online, através de aplicativos ou de máquinas nos terminais. Consulte antes quais possuem esse serviço para se planejar. Dependendo do destino, mais documentos serão necessários na hora do embarque. Se você pecisar de passaporte e visto deverá apresentá-los quando for fazer o check-in e mantê-los sempre à mão. Logo que entrar na sala de embarque e passar pelo detector de metais você chegará à Imigração, onde vão conferir seus documentos como visto e passaporte.

Como escolher o melhor assento no avião

182430 companhias mudam a ordem das poltronas p 660x0 2

Paisagens: se você curte apreciar uma vista, escolha um assento ao lada da janela nas primeiras ou nas últimas filas.

Atendimento rápido: reserve seu assento na parte dianteira da aeronave pois geralmente o serviço de bordo começa a ser servir as primeiras fileiras.
Espaço entre as pernas: se você gosta de esticar as pernas prefira uma poltrona da primeira ala ou próxima a saída de emergência.

Espaço para a bagagem: assegure um lugar no fundo da aeronave para embarcar primeiro e encontrar espaço livre nos compartimentos.

Atendimento rápido: reserve seu assento na parte dianteira do avião pois normalmente o serviço de bordo começa a ser servido pelas primeiras fileiras.
Movimento ao redor: prefira viajar ao lado da janela onde a movimentação de passageiros é menor.

Barulho: faça a sua reserva entre as fileiras 5 a 9 que ficam longe das asas, da cozinha e do banheiro.

Crianças a bordo: prefira escolher uma poltrona depois da quinta fileira pois os bêbes geralmente são acomodados nas primeiras fileiras.

Causar incômodo: escolha um assento do corredor, assim caso precise levantar-se, você não incomoda as pessoas ao seu lado.


Frio: reserve uma poltrona nos fundos. Essa é a região menos fria da aeronave pois tem menor fluxo de ar.


Enjoo com facilidade: prefira as fileiras que ficam entre as asas onde a estabilidade do avião é maior.

Mala de inverno

viagens inverno mala


Segunda pele: essencial levar uma camiseta térmica ou uma “ceroula” pra que você consiga se vestir em camadas. Tem a função de manter o calor no corpo.

Óculos de sol: a neve, branca reflete o sol e se você não estiver com seus olhos protegidos, eles podem ficar machucados. Melhor se a lente for espelhada.

Jaqueta corta vento: ajuda a barrar o vento na montanha. Melhor ainda se forem impermeáveis, caso a neve derreta e te deixe molhado.

Luvas: proteção essencial para as mãos. 
Gorro/cachecol: agasalhe suas orelhas e cabeça e pescoço. Vale também faixa de esqui.

Calça impermeável: o ideal é você ir pras pistas com uma calça impermeável, já que muito provavelmente você leve uns tombos no esqui ou no snowboard.

Meias grossas: cuide dos seus, pés. Separe as meias mais grossinhas para colocar na sua mala. 
Bota impermeável: pra andar pra lá e pra cá na neve e garantir que seu pé esteja bem sequinho.

Malha/moleton: Leve algumas opções de malha ou moletom, pra compor as diferentes camadas. 
Camiseta: sim, porque entre as camadas tem que ter camiseta, né? Não se esqueça que dentro dos hotéis há calefação.

Cueca/calcinha/sutiã: parece meio óbvio, mas já que é pra montar a lista de arrumação de mala, não pode faltar roupa íntima.

Pijama: se você dorme de pijama, não esqueça dele. 
Chinelo: pra circular no quarto e dar close na piscina.

Chapéu/boné/bandana: uma alternativa mais leve ao gorro, para os ambientes internos.

Biquini/maiô/sunga: muitos hotéis oferecem serviço de piscina mesmo você estando na neve. 
Roupa de ginástica: serviço de academia também são oferecidos pela maioria dos hotéis. 
Roupa para noite: arrase nos looks para a noite sem.sair do clima de montanha. de montanha, né?

Toalha absorvente: é hotel, então eles têm toalhas lá, obviamente, mas se você tiver aquelas toalhas fininhas ultra-absorventes, pode ser uma boa pra levar pra piscina.

Toe warmers/Hand warmers: o primeiro é um adesivo que você cola na parte inferior da sua meia e mantém seu pé aquecido e o segundo é um saquinho para colocar dentro das luvas.

Aplicativos para viagem

APP VIAGEM


Trip Advisor: informações sobre pontos turísticos e restaurantes baseado nas experiências dos usuários.

Trip It: acompanhe seus voos, hospedagens e datas de viagens. Ele acessa seu e-mail para conferir tudo.

Google translate: ajuda o viajante a aprender como se pronuncia e como se escreva a palavra em vários idiomas. 
Xe: permite você consultar a cotação da moeda em vários países.

Metro: para quem gosta de economizar e andar nas melhores rotas de transporte público como ônibus, metro e trens.

AroundMe: mostra todos os estabelecimentos que há por perto na localidade, como bares, cafés, postos de gasolina, hospitais, cinemas e bancos.

Foodspotting: ótimo para descobrir pratos locais e encontrar o que há de melhor em qualquer restaurante da vizinhança.

Wiffinity: mantém você online, em qualquer lugar do mundo, graças a uma sempre crescente lista de redes de WiFi e senhas atualizada por usuários.

Yuggler: ajuda a achar programas para os pequenos perto de onde você está.

SAS Survival Guide: criado por um ex-soldado e instrutor do SAS (Serviço Aéreo Especial), o app contém centenas de dicas de sobrevivência que vão ajudar tanto em casa quanto nas viagens.

FlightAware: rastreia qualquer voo em tempo real, recebe alertas e notificações de atrasos nos aeroportos.

Flush: encontre o banheiro mais próximo entre os mais 190.000 (!) disponíveis pelo mundo no app. 
Maps.Me: aplicativo de mapas, mas offline. Basta lembrar de baixar os mapas que você precisa antes de sair se aventurando!

Imigração

controllopassaporto 0


Imprima comprovantes de hoteis, locação de carros e atrações. –

Passagem de volta para comprovar sua intenção de retornar ao seu país de origem.

Leve dinheiro em espécie e também cartão de crédito internacional. E quando perguntarem quanto está levando, fale SEMPRE a verdade.

Não avance sem alguém anunciar a sua vez.

Tenha em mãos o seu passaporte, visto e formulário da alfândega.

Caso não fale a língua do país, educadamente responda que você não compreende.

Responda somente o necessário. Evite puxar conversa.

Entregue apenas os documentos necessários pelo funcionário.

Sempre mantenha a calma e diga a verdade.


PUBLICIDADE