A Páscoa pelo mundo

Tips
30 abril 2019

Que tal dar a volta ao mundo e fazer uma viagem em busca do significado da Páscoa?
No Brasil, além do aspecto religioso, a Páscoa é associada à figura do coelho e dos ovos de chocolate. Nesta semana vamos contar um pouco com é celebrada a Páscoa ao redor do mundo. 

Inglaterra

egg1

Na terra da Rainha o feriado começa na Good Friday (sexta-feira santa). Porém, depois do Easter Sunday (domingo de páscoa), os ingleses também comemoram o Easter Monday (segunda-feira de páscoa), um prolongamento conhecido como Pascoela.

Os ingleses se divertem com Easter Egg Hunts, como são chamadas as caças aos ovos de páscoa que são organizadas por prefeituras e acontecem em jardins de mansões públicas.

Na cidade de Birmingham os fanáticos por chocolates podem se deliciar na tradicional e famosa loja de chocolate Cadbury , que organiza brincadeiras para a toda a família.

A tradição também estão nos pratos servidos durante a Páscoa. A carne é permitida durante a semana santa. Porém, na Good Friday é  comum comer o Hot Cross Buns, que são pães doces feitos com passas e marcados com uma cruz em cima deles.

Grécia

A Grécia é um lugar incrível para se comemorar a páscoa onde é marcado por tradições muito antigas.

Na manhã da quinta-feira da Semana Santa,  prepara-se o pão caseiro ou pão de páscoa em formato de trança. Chamado tsurekia é como um panetone. São enfeitados com ovos vermelhos, cozidos e pintados. Os ovos são uma importante parte da mesa de Páscoa ortodoxa e possuem muitos simbolismos. O vermelho significa o sangue de Cristo derramado por nós. Ao serem partidos a ressureição é simbolizada em seu interior.

Na Sexta-Feira Santa, é o dia da reflexão onde vigílias são feitas nas igrejas, onde o encerramento acontece  com uma procissão e coleta de flores. No sábado, as pessoas se reunem novamente na igreja levando uma vela em mãos com a crença de acreditarem que a luz em casa significa a luz da ressurreição.

No domingo, um grande almoço acontece onde o cordeiro é servido no espeto como atração principal.

Suécia

su3

A Páscoa na Suécia é celebrada com muitas cores e fantasias.
Na quinta-feira Santa (skärtorsdag), você verá crianças com rostos pintados, fantasiadas de bruxas, com vassouras, visitando seus vizinhos. 
O costume lembra muito o Halloween, mas ao invés de doces as crianças deixam cartões lindamente decorados pedindo doce ou dinheiro. 
Ao invés de ovos de chocolate, em terras suecas compra-se embalagem em formato de ovo e dentro colocam-se algumas guloseimas.
Nessa época é comum pintarem ovos de verdade para usar como acessório decorativo na mesa de Páscoa.
Semanas antes da Páscoa os suecos decoram as suas casas com galhos secos, onde plumas coloridas são penduradas, evidenciando a proximidade da data.
Por fim a Páscoa é celebrada com o famoso Janssons Frestelse”, que se traduz em “Tentação de Jansson”. É uma caçarola cremosa, feita com cebolas e batatas grelhadas e anchovas. Tudo isso acompanhado de Påskmust, uma bebida parecida com uma cerveja super doce e temperada.

Espanha

es

Na Espanha, normalmente a Semana Santa inteira é considerada feriado e durante esse período ocorrem inúmeras celebrações por todo o país. Entre elas estão numerosas procissões que tomam conta das ruas, durante as quais são carregados santos belamente enfeitados com flores e ocorre o desfile de diversas irmandades.
A pessoas que participam dessas confrarias se vestem de maneira bem peculiar. Os grupos conhecidos como penitentes ou nazarenos se vestem com túnicas que cobrem todo o corpo e chapéus altos e pontiagudos que cobrem os rostos, parecidos com os trajes da infame Ku Klux Klan. Além disso, um dos grupos chega a ser bem assustador, já que os membros se vestem todos de preto e arrastam correntes pelas ruas.
A comida típica também é o bacalhau, mas que é preparado de uma maneira diferente da que comemos no Brasil, porque é feito com grão de bico e feijão branco e tem um caldinho, como se fosse uma sopa mais consistente. O prato se chama “potaje”. Outra coisa típica de Páscoa são as torrijas, também conhecidas no Brasil como rabanadas.
No entanto, não existe o costume de presentear as pessoas com ovos de chocolate como ocorre por aqui, e as pessoas se reúnem para comer uma espécie de monas com chocolate quente bem cremoso.

Austrália

pascoa australia

Ao contrário do resto do mundo, o personagem principal da Páscoa na Austrália é o Bilby, um marsupial parecido com o coelho, mas nativo do país. Ele se tornou o mascote por dois motivos – o primeiro deles é que o animal corre risco de extinção, assim, toda páscoa ajuda a chamar atenção para a preservação dos Bilbys. O segundo é que os coelhos são vistos como pragas pelos australianos! No domingo de páscoa os australianos compram os Bilbys de chocolate feitos por fundações que investem na preservação da espécie. O símbolo é tão forte por lá que as crianças acreditam que o Bilby da páscoa traz os ovos, e não o coelho. Inclusive é tradição acorda-las bem cedo no domingo para procurar os ovos de chocolate que o Bilby “escondeu” no jardim. O país inteiro faz um feriadão bem grande, sexta (Good Friday) e segunda (Good Monday) e algumas Escolas entram de holiday por uma semana. Como também na Austrália tem muitos imigrantes, não cristãos, boa parte da população nem toma conhecimento da Páscoa. Já os cristãos celebram a Páscoa com idas a igreja e orações. Na sexta feira Santa eles comem um o Hot Cross Bun, um pãozinho quente e doce temperado feito com passas ou passas, marcado com uma cruz no topo, e tradicionalmente consumido na Sexta-feira Santa.

França

18139377 la6Uk
default 1

A Sexta-feira da Paixão não é feriado na maior parte da França. O feriado de Páscoa na França é na segunda-feira seguinte ao domingo de Páscoa, chamada de Lundi de Pâques (Segunda-feira de Páscoa). Esse é o primeiro dia após a semana da Paixão de Cristo. Um dia que inaugura novos tempos de paz e alegria. No Domingo de Páscoa acontece a caça aos ovos, feita especialmente para as crianças. A lenda francesa sobre a páscoa diz que sinos voadores jogam sobre o solo francês no domingo ovos de chocolate para comemorar a ressurreição de Cristo. Este é um dos motivos que fazem da galinha um dos símbolos de páscoa para o povo francês, já que o coelho não bota ovos. A segunda feira faz parte do feriado e é o dia em que as crianças vão caçar os ovos de chocolate. No sul da França, um omelete gigante, feito com cerca de 15 mil ovos faz parte do modo tradicional de celebrar o feriado. O prato principal típico no almoço de Páscoa é o cordeiro. Uma referência à Jesus, cordeiro de Deus que tira os pecados do mundo. O cordeiro e a ovelha sempre foram também símbolos de pureza, inocência e justiça. Na Segunda- Feira de Páscoa o costume é fazer um piquenique em família.

Polônia

pascoa pelo mundo 1364590339364 956x500 1

A páscoa polonesa geralmente dura até a segunda-feira depois da sexta-feira santa. As tradições cristãs costumam ser levadas bem a sério. Ovos de galinha, ou até mesmo de madeira, chamados de pisanki costumam ser pintados e decorados. De acordo com a tradição polaca, o primeiro tingimento deve acontecer a base de cebola ou beterraba e desenhos de flores, forma geométricas e animalescas devem colorir o ovo. No domingo de páscoa, os pisanki são trocados entre os familiares como se fossem presentes e depois disso fazem parte da refeição em família. Na Polônia, o Domingo de Ramos é conhecido como “Gelna Niedziela, Niedziela Kwietna ou Wierzbna”. Neste dia os fieis trazem palmas para igreja para serem bentas. Simbolizam a ressurreição e da imortalidade da alma.
Findo o período de Quaresma, serve-se o pequeno almoço rico em carnes. Nas mesas reinam carnes frias: chouriços deliciosos, presuntos, linguiças, lombos e patês caseiros. O cardápio deve incluir obrigatoriamente a sopa tradicional polonesa – żurek com a salsicha branca. Durante a Páscoa se servem também doces e confeitarias tradicionais. Mas é a “Babka” (bolo do tipo pandoro) que reina nas mesas pascais.


PUBLICIDADE